Publicado por: gammaraba | janeiro 13, 2012

Exposição Retra 15% de “Giddape Joé”

Giddape e uma de suas esculturas

O Ponto de Cultura Galpão de Artes de Marabá – GAM, acaba de desmontar a exposição do artista plástico paulistano Larte Ramos que foi aberta no mês de outubro de 2011. A exposição retratou um personagem que frequenta diariamente a orla Sebastião Miranda em Marabá, uma figura bastante carismática o flanelinha, músico e poeta Giddape Joé, que virou obra de arte nas mãos do premiado artista paulistano.

Intitulada “Retra%15” a exposição teve como personagem principal as esculturas feitas em cerâmica a partir do corpo de Giddap.  A exposição que conta com patrocínio da Fundação Nacional das Artes – Funarte apresentou o resultado do molde feito sobre o corpo do artista da terra, que se transformou em uma escultura de cerâmica composta por 11 módulos que se encaixam a fim de retratar o cantor em uma posição de conforto, deitado tomando sol. 

Giddape ao lado de sua escultura

“Conheci o Giddap durante uma oficina que ministrei no gam, achei ele uma figura única e bem interessante, um verdadeiro artista contemporâneo. Convidei ele para ser um dos participantes do projeto, ele aceitou rápido, principalmente quando falei que a obra depois de pronta iria circular por todo mundo” explica o artista plástico Laert Ramos.

Laert é um dos artistas brasileiros mais premiados da nova geração, tendo já participado de diversas residências artísticas e exposições nos grandes centros culturais do Brasil e do mundo como Espanha, Holanda, França, Suíça e Estados Unidos.   “Escolhi marabá para realizar a minha residência artística, devido ao reconhecimento que o município tem nacionalmente através dos artistas visuais, como Marcone Moreira”, afirma o artista.      

O artista paulistano produziu também um pequeno documentário sobre a vida e obra de Giddape e postou o material na internet, dias depois o mesmo ficou impressionado pela quantidade de acessos e de pessoas que ficaram encantados com a história de vida do músico marabaense.  A abertura da exposição no GAM contou também com apresentação musical de Giddape Joé, qe cantou diversas canções românticas de brega que retratam o seu dia a dia e suas emoções.  “Nunca pensei que teria uma noite só minha, onde interpretei livremente minhas canções, foi um verdadeiro sonho, finalmente tive meu trabalho reconhecido, virei até obra de arte e agora estarei imortalizada para sempre,” afirma Giddape. A próxima exposição no GAM deve ser montada no mês de Fevereiro com artistas ainda a serem confirmados.

Ederson Oliveira – Jornalista Profissional/DRT 1755-PA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: