Publicado por: gammaraba | abril 9, 2011

Mapa das Artes Visuais da Região Carajás

Durante o projeto foi realizado tres exposições artisticas

A Maior entidade das Artes Visuais no país, a Fundação Nacional das Artes, através da empresa cultura marabaense Tallentus Amazônia, divulgou esta semana o mapeamento mais completo feito até hoje das artes visuais em nossa região. Patrocinado pela Funarte, o estudo foi realizado através do Projeto “Carajás Visuais”, desenvolvido em parceria com o Ponto de Cultura Galpão de Artes de Marabá-GAM e Associação dos Artistas Plásticos de Marabá, representou um avanço no processo de integração regional e desenvolvimento das artes visuais no sudeste paraense.

De acordo com Deize Botelho responsável pela iniciativa o mesmo teve como objetivo, impulsionar o intercâmbio de artistas e dar maior visibilidade a produção da linguagem visual na região. Deize ainda ressaltou que através do projeto foram realizadas três atividades integradas compostas pelo mapeamento das artes visuais; exposições; oficinas e rodas de diálogos, possibilitando a interação e troca de conhecimento. A iniciativa ainda estimulou a produção e circulação de obras e artistas visuais residentes em 12 municípios que a Região de Integração Carajás. 

O mapeamento

Gráfico das Artes Visuais na Região Carajás

Durante os seis meses de realização do projeto foram mapeados ao todo mais de 100 artistas visuais, nas mais diversas linguagens  dos municípios de Marabá, Eldorado dos Carajás, Curionópolis, São João, São Domingos, Brejo Grande, Palestina,  São Geraldo, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Bom Jesus do Tocantins e Piçarra.

Dentre os artistas mapeados pelo projeto, está Afonso Camargo do município de Parauapebas, de acordo com o artista este projeto veio para valorizar a produção artística regional, integrar os artistas e principalmente realizar uma troca de experiência fundamental para o desenvolvimento da cultura regional. Segundo Marcone Moreira um dos coordenadores do projeto, durante as visitas aos municípios foram realizadas rodas de diálogos com apresentação do projeto, troca de informações entre os artistas e conhecimento da produção local, bem como visitas aos ateliers.

Marcone ainda ressaltou como já era esperado, Marabá como pólo de referência na produção artística, ser o município como maior numero de artistas, totalizando 55% dos mapeados. Dentre os quesitos mais importantes para o mapeamento, estavam  o tempo de atuação do artista, a linguagem que trabalhava e suas perspectivas para o futuro.

 Dentre os municípios mapeados 04 merecerão um destaque especial que são:

Marabá

Houve uma época em Marabá, em que o homem era o castanheiro, e o cinema a Arte. Entre a década de 40 e 80, a região estimulado pelo município contou com 14 salas de cinemas, que tinha como precursor podendo-se afirmar que a base das linguagens artísticas foi à linguagem cinematográfica.

O fluxo migratório na região, ao longo de vários anos, em função de vários ciclos econômicos, torna-a multicultural, com uma população oriunda de diversas regiões brasileiras, esse fator contribui pra sua diversidade de expressões artísticas.  Atualmente conta com forte movimento artistico na área visual, fomentado pela Associação dos Artistas Plásticos, Universidade Federal do Pará, Galpão de Artes de Marabá, Galeria Vitoria Barros, Fundação Casa da Cultura de Marabá.

O municipio já vem sendo reconhecido a nivel estadual e nacional, sendo mapeado nas duas ultimas edições do projeto Rumos Visuais do Instituto Itaú cultural, como objetivo de mapear a produção artistica nacional, que está semana desembarca em Marabá para conhecer novos artistas. A cidade também se destaca como a 2º municipio do estado com maior produção artistica na área ficando somente atras de Belém, de acordo com criticos de arte do estado.

 Eldorado dos Carajás e Canãa dos Carajás 

Possui um grupo significativo de artistas, a maioria jovens, a predominância da linguagem de expressão é o desenho e pintura de cunho acadêmico. Nos municípios os artistas não são organizados em grupos como associações e afins, ao ponto de não terem conhecimento da produção de outros artistas da cidade. Eles não dispõem de espaços expositivos institucionais ou alternativos adequados para realização de exposições, no entanto Canãa possui uma Casa de Cultura, gerenciada pela Associação Itaquira vinculada a empresa Vale.

Parauapebas,

com população de 152.777 habitantes (IBGE/2009, é o segundo no pódio das artes visuais com 22% dos artistas mapeados. A cidade possui uma forte atuação na pintura e desenho. Entretanto, a sua maior expressão de linguagem artística está no artesanato voltado para a exploração das sementes nativas.

Nos últimos dois anos a Secretaria Municipal de Cultura, vem estimulando a área do audiovisual, por meio do festival de cinema “Curta Carajás” que já na sua segunda edição(2.010) conseguiu inscrever mais de 23 Estados, tornado-se referencia para a região Sudeste Paraense. 

Curadoria

Segundo Antonio Botelho coordenador do projeto, a curadoria do mapeamento ficou a cargo do grande artista paraense Armando Queiroz, que identificou os pontos primordiais da iniciativa. De acordo com o artista, o projeto visa, principalmente, dar uma resposta a grande demanda interna de que a própria região se reconheça.

“Mais do que fazer simplesmente um mapeamento da quantidade de pessoas produzindo arte, este projeto procura fincar raízes. Procura o fortalecimento cultural e artístico do sudeste paraense. Busca incessantemente seus pares, quer na sua própria área de abrangência, quer no convite a pessoas, que tendo outras vivências no campo da arte, possam também oferecer sua parcela de contribuição”, explica Armando Queiroz. Armando ainda explicou que diferentemente do que se é esperado, um projeto como este não aponta caminhos, deixa que os próprios caminhos se desvelem.

Ederson Oliveira

Jornalista Profissional/DRT 1755/PA  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: