Publicado por: gammaraba | janeiro 31, 2011

Lançado Calendário com Realidade Comunitária

Capa do Calendário Mostra a Comunidade do Cabelo Seco

A comunidade do bairro do Cabelo Seco que por muitas vezes é esquecida por grande parte da sociedade, ganhou na última semana um grande presente, um “Calendário” que mostra através de fotografias e textos o seu cotidiano. A iniciativa que contou com a participação de toda comunidade, foi idealizada através do projeto “Rios de Encontro” do artista Gales Dan Baron e Instituto Transformance, que em 2009 foram convidados pelo Galpão de Artes de Marabá – GAM, a fazer uma residência artística no bairro.

A partir dessa experiência artística – humana, em que o artista pode vivenciar e compartilhar na comunidade, através de encontros e conversas com os moradores do bairro, foi possível resgatar fragmentos da memória viva de lavadeiras, castanheiros, garimpeiros, parteiras e rezadeiras, mostrando assim o potencial artístico e transformador que pode ser observado nas ruas estreitas e calorosas da comunidade.

Segundo o músico “Zequinha” uma das lideranças da comunidade, o projeto elevou o orgulho da comunidade e levou para todo o Brasil a historia cultural de nossa comunidade. De acordo com Dan Baron, este calendário conta a história emergente das “Latinhas de Quintal” uma banda de jovens artistas que vivem na comunidade e que surgiram com o desenvolvimento do projeto no bairro.

O artista ressalta que a história do grupo reinterpreta a lenda originária do Bairro “Nas águas doce do rio e refrescante da chuva o cabelo da humanidade africana nunca se molha”. Dan afirma que quando os jovens reciclaram as sucatas de seu cotidiano em tambores de auto-estima, os jovens se indignaram contra a contaminação das águas do mundo pelas grandes represas fora das janelas de suas casas.

E que quando transformaram a orla abandonada em um quintal coletivo de cultura os jovens vivenciaram as palmas íntimas e públicas de admiração por uma humanidade corajosa e sustentável. O artista também informou que cada morador do bairro recebeu um calendário que possui 32 páginas recheadas de fotografias e textos que mostram as atividades culturais e o cotidiano do bairro, instituições representativas do município também serão agraciadas com a publicação. Dan Baron também revelou em primeira mão que esta história e criativa e inspiradora continua em 2011, com um novo projeto na comunidade intitulado “Quintais de Cultura”, que irá reafirmar ainda mais o trabalho já realizado.

Jornalista Responsável – Ederson Oliveira/DRT 1755

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: