Publicado por: gammaraba | novembro 10, 2010

Giro Cultural

Grupo instrumental Marabaense Pirucaba Jazz

Promover a democratização da cultura, oferecendo cursos, workshops, apresentações artísticas e culturais para a sociedade marabaense, foi um dos grandes objetivos do projeto Giro Cultural, que foi realizado no último fim de semana pela empresa de comunicação RBA na praça São Felix, Velha Marabá.

O evento que teve o patrocínio da empresa Vale e o apoio do Instituto de Artes do Pará, GAM – Galpão de Artes de Marabá e Secretaria Municipal de Cultura. Reuniu em um só espaço, artistas locais e de Belém que mostraram para o público presente, a riqueza cultural paraense através de várias linguagens artísticas, como dança, teatro, música, audiovisual, dentre outros.  

De acordo com Deíze Botelho da empresa cultural Tallentus Amazônia, responsável pela organização local do evento, “O Giro Cultural é um circuito itinerante que promove o amplo acesso a produção artística paraense, dando assim visibilidade e reconhecimento ao artista”.   

 Mostra Artística   

De 05 á 07 de novembro a praça São Felix, recebeu inúmeros grupos culturais dentre eles se destacaram o Boi Bumbá Estrela Dalva e Flor do Campo, a Turma do Sorriso, Grupo Mayr Abá, Studio de Dança Flávio Fernandes e Grupos de Rock de Marabá.

A mostra também contou com apresentação musical dos cantores marabaenses Glauber Martins e Nilva Burjack e Andrea Pinheiro com o grupo Gente de Choro ambos de Belém.Um dos destaques musicais da última noite do evento, foi o grupo instrumental marabaense “Pirucaba Jazz” que encabeçado pelo artista e compositor Dauro Remor, empolgou o público presente com composições próprias.      

O evento também contou com mostra fotográfica do arquivo Miguel Pereira da Fundação Casa da Cultura de Marabá, que expôs através de banners, fotografias antigas do município datadas de 1926, mostrando imagens da orla do município, castanheiros, burgo do itacaiúnas, dentre outras pontos que fazem parte da história da cidade.

Cultura Indígena

Comunidade Xikrin do Kateté durante apressentação no evento

Com o lema “Tradição, Cultura e Desenvolvimento”, a Associação Indígena Porekrô da comunidade Xikrin do Kateté, através do Ponto de Cultura Aldeia Digital, que fica localizada na zona rural do município de Parauapebas, foi o grande destaque do evento, trazendo para Marabá a riqueza cultural de um povo que a dezenas de anos vem lutando para manter viva suas tradições. 

Durante o evento os Xikrins do Kateté, mostraram seu artesanato bastante colorido e diversificado, com brincos, colares, cocares, e demais objetos que encantaram o publico presente.Na ocasião os indígenas também apresentaram danças e rituais tradicionais de sua comunidade, como a dança do jabuti e da macaxeira, o ritual do timbó e da pescaria, dentre outros que fazem da sua cultura a mais tradicional do interior do Pará.

Segundo o presidente da Porekrô Bemaiti Xikrin, “É uma satisfação muito grande participar de eventos dessa natureza, onde podemos mostrar a nossa cultura e tradição para toda sociedade”. Bemaiti ainda ressalta que seu povo todos dias vem mantendo viva para as futuras gerações seus rituais, preservando assim a memória regional.     

Na oportunidade também foram exibidos a produção audiovisual da comunidade, que mostra um pouco do dia a dia na aldeia kateté, que este ano está sendo estimulado através do projeto Aldeia Digital, que tem como objetivo capacitar indígenas na produção de vídeos sobre suas festas e rituais.

 Ederson Oliveira/Jornalista Responsável

Anúncios

Responses

  1. a cultura ta fervilhando em maraba


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: