Publicado por: gammaraba | abril 22, 2010

TEIA NACIONAL DA CULTURA 2010

Os múltiplos Brasis celebrando a diversidade cultural em fortaleza, foi o que aconteceu durante a realização da quarta edição do encontro nacional dos pontos de cultura, que reuni até amanha 31 de março na capital cearense, cerca de quatro mil protagonistas da cultura brasileira.

O evento que começou no dia 25 de março no centro cultural dragão do mar, foi realizado pela comissão nacional dos pontos de cultura, através de uma gestão compartilhada como o ministério da cultura.

Grupo de Maracatu de apresenta na teia

Mostra artística

Fagner na abertura do evento em Fortaleza

Comunhão e celebração da diversidade cultural, foi com esse espírito que se realizou a mostra artística da Teia, que reuniu inúmeros grupos culturais das diversas regiões do país, que mostraram seu trabalho e principalmente a riqueza cultural do povo brasileiro.

Neste ano, os participantes do evento poderão acompanhar as cerca de 90 apresentações artísticas programadas, sendo a maior mostra já realizada na história do evento. “Esse é o nosso desejo: de levar pessoas do Norte, do Sul, do Nordeste, do Sudeste e do Centro-Oeste pra estar trocando experiências”, conta Walter Cedro, produtor responsável pela mostra.

Grupo Samba de Rosas se destaca na teia nacional

A organização do evento este ano, recebeu um número recorde de inscrições para as atividades artísticas, que foram selecionados através de critérios estabelecidos por uma comissão indicada pela organização do evento, que selecionaram atividades de teatro, circo, dança, música, artes visuais, artes integradas e cultura popular.

“A Mostra está muito rica e belíssima”, comemora Lara Borges, representante marabaense no encontro. Ela conta que grupos de tambores de todo o Brasil se apresentaram já que o tema do evento este ano é tambores digitais.

Dentre os inúmeros grupos culturais que se apresentaram no encontro, se destacaram o “carimbo” dos quentes da madrugada, do Pará, os tambores de tainã, do Paraná, o afoxé Alafin Oyó, de Pernambuco, a orquestra de frevo dos Meninos da Ceilândia, de Brasília, e a orquestra de berimbau do morro do querosene, de São Paulo.

Grupo Tambores do Tocantins agita mostra artistica da teia 2010

No último dia da mostra, os artistas do evento e os delegados de todos os estados, participaram do cortejo da reabolição pela cultura e do show de encerramento da mostra, que ocorre no aterrinho da praia de iracema.

 Teia das ações

Propiciar atividades colaborativas que buscam reunir as ações do programa cultura viva, foi o principal objetivo da Teia das Ações – conceitos e práxis, que foi realizada durante os dias 26 e 27 de marco dentro da Teia 2010. Organizada pela Secretaria de Cidadania Cultural do Ministério da Cultura, o encontro compartilhou os conceitos e as práticas das ações das iniciativas premiadas e das redes que fazem parte do programa cultura viva, onde foi discutido a produção dos pontos de e as estratégias e propostas para garantir a continuidade das ações.

Mostra Fotografica dos pontos retrata o Brasil de todos as culturas

mostra artistica dos Pontos Colcha em retalhos

O fórum

Grupos de Trabalho na teia 2010

Como parte da programação da Teia 2010, termina amanhã 31 de março, a terceira edição do Fórum Nacional de Pontos de Cultura (FNPC), um espaço onde os pontos se conhecem, e debatem sobre políticas públicas voltadas à cultura no país, com ênfase nos pontos de cultura, programa cultura viva e sistema nacional de cultura. Segundo Kaituky Xikrin, representante do ponto aldeia digital, o FNPC têm como objetivo geral consolidar-se como uma instância permanente de atuação político-cultural, identificação de demandas e elaboração de propostas para o desenvolvimento de políticas públicas. Como o movimento de cultura é fragmentado por áreas, ao acompanhar as demandas dos pontos, o fórum permite seu alinhamento.

É o que defende Marcos Silva, representante da comissão nacional dos pontos de cultura, do Estado de Minas . Ele explica que, quando foi organizado o primeiro fórum na Teia de 2007, com mais de 500 participantes, os mesmos pretendiam discutir esse novo processo político que estava se dando dentro do movimento social de cultura. Desta forma segundo Marcos, foi havendo uma maior integração entre os pontos, um incentivo às trocas entre eles. E, ao se conhecer como Ponto, surgiu uma identidade comum. Durante os debates na plenária nacional, um dos pontos que foi fechado é o fortalecimento dos fóruns e redes estaduais de pontos de Cultura, que irão contribuir diretamente nas articulações regionais em prol do desenvolvimento artístico e cultural.

Plenaria Geral teia 2010

 Ederson Oliveira

Jornalista Responsável

DRT 1755

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: