Publicado por: gammaraba | setembro 22, 2009

Fórum de Cultura Solidária Inicia Hoje em Parauapebas

Inúmeras intervenções artisticas irão aocntecer durante o evento

Inúmeras intervenções artisticas irão aocntecer durante o evento

O Galpão de Artes de Marabá – GAM/Ponto de Cultura, em parceria com o Instituto Transformance ira dar inicio hoje na Câmara Municipal de Parauapebas, abertura do I Fórum de Cultura Solidária da Região Carajás “Rios de Encontro”, que ira transformar nossa região durante Cinco dias na Capital cultural do Estado, com inúmeras atividades artísticas, culturais, ambientais e tecnológicas, que acontecerão nas cidades de Parauapebas (dias 22 e 23), Eldorado dos Carajás (dia 24) e Marabá (dias 25 e 26).

O Fórum tem como objetivo abraça a Cultura Solidária, seus princípios de respeito à vida, valorização da diversidade cultural e do direito à memória, de sensibilidade, cooperação, onde cada indivíduo para se desenvolver necessita da colaboração do outro. O evento também reconhece a cultura como  um direito  humano,  que se  expressa  nos  modos   de vida, motivações, crenças religiosas, valores, práticas, rituais e identidades, e como um recurso essencial na construção e determinação de nossa própria vida e comunidade.

A Proposta do Fórum é inspirada no Fórum da Cultura Solidária que acontece na Villa El Salvador, na periferia da cidade de Lima, Peru, mobilizado pelo centro cultural Vichama Teatro. Hoje em sua quinta edição, mobiliza em torno de 30.000 pessoas, entre artista, educadores, associações comunitárias, intelectuais, grupos e produtores culturais, estudantes, crianças e jovens, que durante uma semana realizam seminários, oficinas, apresentações artísticas, cortejo cultural e cursos de formação nas comunidades.

De acordo com Antonio Botelho, diretor do GAM e um dos organizadores do evento, o fórum ira realizar dezenas de atividades artísticas culturais, como oficinas de teatro, dança, audiovisual, fotografia, rodas de debate sobre cidadania, meio ambiente, alem de apresentações musicais de grupos locais da região e de outras localidades do estado, e ate do exterior com a presença do Grupo de Teatro Vichema de Lima no Peru.

Segundo Deise Botelho, diretora do GAM, O Fórum promove a cultura paraense e a valorização de sua diversidade, fortalecendo as organizações sociais e culturais da região Carajás e a rede de colaboração entre Pontos de Cultura do Pará, bem como afirma a Rede Carajás de Cooperação Cultural mobilizada pelo Ponto de Cultura GAM, contribuindo assim no engajamento de artistas, educadores, lideranças comunitárias, grupos, iniciativas culturais e Pontos de Cultura na construção do Congresso Mundial Viva a Diversidade Viva! Abraçando as Artes por Transformação! em julho de 2010, em Belém do Pará.

Anúncios

Responses

  1. Muito bacana.
    Eu sou da cidade, atualmente estudo no RS.
    E e muito bom ve essa iniciativa.
    Cuidem mais dos pobres tambem….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: